Catequistas de reúnem em Assembleia em Crato – CE – Catequese Paulinas, presente!

Formar discípulos missionários em um mundo cada vez mais urbano. Esse é o desafio proposto pelos quatro pilares da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil para os próximos quatro anos (2019-2023): Pão, Palavra, Caridade e Ação Missionária.

Com especial atenção ao segundo Pilar, coordenadores da Catequese do Batismo, da Primeira Eucaristia e da Crisma, somados em 125, reuniram-se em assembleia neste fim de semana (6, 7 e 8/03). Vindos das paróquias da Diocese de Crato, eles ouviram as orientações necessárias ao planejamento das atividades catequéticas deste ano.

Para ajuda-los nessas reflexões, a convidada foi a assessora de Catequese Paulinas, Abadias Aparecida Pereira, pedagoga, professora de Ensino Religioso e catequista há 45 anos.

 

As Diretrizes dão a estrutura da ação evangelizadora, enquanto a Diocese dá o detalhamento daquilo que deve ser observado. Ou seja, os catequistas devem trabalhar as diretrizes nos contextos

Segundo a assessora, a catequese deve sempre dirigir suas atividades sobre o pilar da Palavra, que sustenta a construção da casa (lar), que é espaço de encontro onde as pessoas falem a mesma linguagem: a de discípulos missionários do Senhor.que lhe parecem necessários, considerando o perfil dos catequizandos que assistem, a região em que estão inseridos e outros aspectos locais relevantes, para assegurar o chamado “itinerário de iniciação à vida cristã”, que propõe um encontro com Jesus Cristo na comunidade cristã.

Por: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação da Diocese de Crato – CE.