ARTIGOS

Celebração – 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Dia Mundial das Comunicações Sociais – 13 de maio de 2018

(Esta é uma sugestão para a celebração da Palavra para grupos)

Elaboração: Ir. Helena Corazza – Paulinas/Sepac

Animador

Irmãos e irmãs sejam bem-vindos a esta celebração!

No dia da Ascensão do Senhor, celebramos também, com toda a Igreja, o Dia Mundial das Comunicações Sociais, recomendado pelo Concílio Vaticano II. Desde 1967, a cada ano, o Papa envia uma carta para reflexão e oração dos fiéis do mundo inteiro. Neste ano somos convidados a refletir e rezar sobre um tema muito atual: «”A verdade vos tornará livres” (Jo 8, 32). Fake news e jornalismo de paz».[1] Acolhamos este convite do papa Francisco e rezemos para que a verdade nos liberte e liberte o mundo da comunicação. Que possamos contribuir para uma comunicação de paz e de superação da violência. Cantemos!

Canto: Ó Trindade, vos louvamosIr. Mª Luíza Ricciardi e Pe. Ronoaldo PelaquimCD 11781-1 – CF Memória Histórica – Paulinas-COMEP.

Ó Trindade, vos louvamos, vos louvamos pela vossa comunhão.
que esta mesa favoreça, favoreça nossa comunicação.

  1. Contra toda tentação da ganância e do poder./ Nossas bocas gritem juntas a palavra do viver./ A palavra do viver. (2 x)
  2. Na montanha com Jesus, no encontro com o Pai. Recebemos a mensagem: Ide ao mundo e o transformai./ Ide ao mundo e o transformai. (2 x)
  3. Deus nos fala na história e nos chama a conversão./ Vamos ser palavras vivas proclamando a salvação. / Proclamando a salvação. (2 x)
  4. Vamos juntos festejar cada volta de um irmão. E o amor que nos acolhe restaurando a comunhão./ Restaurando a comunhão. (2 x)
  5. Comunica quem transmite a verdade e a paz. Quem semeia a esperança e o perdão que nos refaz./ E o perdão que nos refaz. (2 x)

Leitor 1 – Em sua mensagem para o Dia Mundial das Comunicações, o papa Francisco nos diz: “No projeto de Deus, a comunicação humana é uma modalidade essencial para viver a comunhão. Imagem e semelhança do Criador, o ser humano é capaz de expressar e compartilhar o verdadeiro, o bom e o belo. É capaz de narrar a sua própria experiência e o mundo, construindo assim a memória e a compreensão dos acontecimentos”.

Animador: Pensemos na beleza da Criação e no Dom de comunicar as obras de Deus e agradeçamos.

Refrão: Ó Trindade, vos louvamos, vos louvamos pela vossa comunhão.
             que esta mesa favoreça, favoreça nossa comunicação.

Leitor 2 – A mensagem do Papa, também lembra os desvios que o ser humano faz da comunicação, causando divisão e violência como narra o Gênesis.Mas, se orgulhosamente seguir o seu egoísmo, o homem pode usar de modo distorcido a própria faculdade de comunicar, como o atestam já nos primórdios, os episódios bíblicos dos irmãos Caim e Abel e da Torre de Babel (cf. Gn 4, 1-16; 11, 1-9). Sintoma típico da distorção é a alteração da verdade, tanto no plano individual como no coletivo”.

Animador: Peçamos perdão pelos pecados da humanidade que causam divisão, violência e morte.

Refrão: Tende piedade, tende piedade, tende piedade de nós, ó Senhor. Tende piedade, tende piedade, vosso povo é santo, mas também é pecador.

Leitor 1 – A mensagem do papa Francisco alerta para a alteração da verdade a divulgação da mentira que se dá pela avidez incontrolável: “As fake news tornam-se frequentemente virais, ou seja, propagam-se com grande rapidez e de forma dificilmente controlável, não tanto pela lógica de partilha que caracteriza os meios de comunicação social como, sobretudo pelo fascínio que detêm sobre a avidez insaciável que facilmente se acende no ser humano. As próprias motivações econômicas e oportunistas da desinformação têm a sua raiz na sede de poder, ter e gozar, que, em última instância, nos torna vítimas de um embuste muito mais trágico do que cada uma das suas manifestações: o embuste do mal, que se move de falsidade em falsidade para nos roubar a liberdade do coração”.

Animador: Peçamos a conversão do coração e a graça de não nos deixarmos levar pela tentação de espalhar notícias falsas.

Canto: Deus nos fala na história e nos chama a conversão./ Vamos ser palavras vivas proclamando a salvação. / Proclamando a salvação. (2 x)

Refrão: Ó Trindade, vos louvamos, vos louvamos pela vossa comunhão.
              que esta mesa favoreça, favoreça nossa comunicação.

 Palavra de Deus – Jo 8, 31-32

Dizia, então, Jesus aos judeus que tinham acreditado nele: “Se permanecerdes em minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Palavra da Salvação!

Glória a vós, Senhor!

Canto: É como a chuva que lava/ é como o fogo que abrasa/ tua Palavra é assim, não passa por mim sem deixar um sinal. (bis) (Padre Zezinho)

 (Momento de Reflexão e partilha – pode-se fazer uma pequena reflexão sobre o tema do Dia Mundial das Comunicações e abrir para a partilha da reflexão).

Preces da Comunidade

Animador – Irmãos e irmãs, rezemos agradecendo pela bondade de Deus em comunicar-se conosco e pelo dom da comunicação que nos coloca a serviço da humanidade.

  1. Pelo papa Francisco, agradecendo por sua vida e dedicação à Igreja e por sua mensagem que nos convida a trabalhar em favor da Paz numa comunicação que supera todo tipo de violência na mídia e entre as pessoas. Rezemos ao Senhor!

Todos: Senhor, escutai a nossa prece!

  1. Por todos os profissionais da comunicação para que trabalhem por um jornalismo de paz, justiça e fraternidade respeitando a verdade e a dignidade humana. Rezemos ao Senhor!

Todos: Senhor, escutai a nossa prece!

  1. Pelos comunicadores cristãos e católicos para que sejam fermento, sal e luz em sua missão de evangelizar com os meios de comunicação, anunciando a Boa Notícia que constrói vida e fraternidade. Rezemos ao Senhor!

Todos: Senhor, escutai a nossa prece!

  1. Por todos nós aqui presentes, pelos pais e mães de família, catequistas, educadores, professores e lideranças para que sejamos críticos e saibamos escolher as mensagens que as mídias oferecem e sejamos produtores de boas notícias de acordo com a verdade e a paz. Rezemos ao Senhor!

Todos: Senhor, escutai a nossa prece!

            (Podem ser acrescentadas outras orações da comunidade)

Animador: Rezemos a oração que o papa Francisco coloca em sua mensagem. (Rezar em dois coros – mulheres e homens – ou lado um e lado dois:

Todos: Senhor, fazei de nós instrumentos da vossa paz.
Fazei-nos reconhecer o mal que se insinua em uma comunicação que não cria comunhão.
Tornai-nos capazes de tirar o veneno dos nossos juízos.
Ajudai-nos a falar dos outros como de irmãos e irmãs.
Vós sois fiel e digno de confiança, fazei que as nossas palavras sejam sementes de bem para o mundo: onde houver rumor, fazei que pratiquemos a escuta;
onde houver confusão, fazei que inspiremos harmonia;
onde houver ambiguidade, fazei que levemos clareza;
onde houver exclusão, fazei que levemos partilha;
onde houver sensacionalismo, fazei que usemos sobriedade;
onde houver superficialidade, fazei que ponhamos interrogativos verdadeiros;
onde houver preconceitos, fazei que despertemos confiança;
onde houver agressividade, fazei que levemos respeito;
onde houver falsidade, fazei que levemos verdade.
Todos: Amém.

Canto: Que a comunicação não se canse jamais / de estar a serviço da verdade e da paz! (bis)

Animador – Neste momento, sintamo-nos como irmãos e irmãos que buscam e se comprometem a viver e anunciar a Verdade e anunciá-la com a vida e com a missão.

(No momento em que se reza livrai-nos do mal, os participantes podem elencar os males dos quais queremos que o Senhor nos livre, sobretudo em relação às notícias falsas).

Com o próprio Jesus, rezemos – Pai Nosso (de mãos dadas).

Canto: Que a comunicação não se canse jamais / de estar a serviço da verdade e da paz! (bis)

Animador – Rezemos pelos comunicadores e pela missão da Igreja a Oração pelo apostolado da Comunicação Social do Beato Tiago Alberione, fundador da Família Paulina.

Ó Deus que para comunicar vosso amor às pessoas, enviastes o vosso único Filho, Jesus Cristo, e o constituístes Mestre, Caminho, Verdade e Vida da humanidade, concedei-nos a graça de utilizar os meios de comunicação social: imprensa, cinema, rádio, audiovisuais, para a manifestação de vossa glória e o bem das pessoas.

Suscitai vocações para esta multiforme missão e inspirai todas as pessoas de boa vontade a colaborarem com a oração, a ação e os meios econômicos, para que a Igreja anuncie o Evangelho a todos os povos, através desses instrumentos. Amém.

[1] Leia na integra a mensagem: http://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/communications