ORAÇÕES

O Tempo e o Momento

Edna Márcia Perez Pires

Antes que pudéssemos entender o tempo;
A sabedoria já indicava que tudo tem seu momento
E cada coisa, a seu modo, o seu tempo.
E cada coisa, nisso tem sua ocasião.

Se no cotidiano é tempo de acelerar
Para o ser humano sempre é tempo de refletir.
Se a velocidade nos impele à busca de um tempo perdido;
Em nosso viver vigora um tempo de solidão.

Tudo tem seu tempo certo:
Tempo de falar e tempo de escutar.
Tempo de olhar e tempo de ver;
Tempo de analisar e tempo de agir;
Tempo de ficar quieto e tempo de gritar.

O descompasso entre os tempos naturais da vida
desarmoniza a pessoa – desarticula seus espaços vitais,
e não acompanhando o passo
perde o compasso
e mergulha na incomunicação.

A nossa busca do tempo reside em fazer
que o ser comunicante existente em cada um
não fique perdido em um outro tempo
e consiga reservar tempo para o outro;

Um tempo para apreciar a vida; tempo de ser;
um tempo para sempre chegar; tempo de estar;
um tempo de encontro; tempo de fina sintonia.

E, assim, percebendo cada momento
como um bom tempo;
Consiga um tempo para ser plenamente vivido
em seu momento real.

Um tempo de plena comunicação da vida!