SACERDOTE CATERINENSE LANÇA LIVRO SOBRE MARKETING RELIGIOSO

Padre Pedro Damázio acredita que o marketing pode ajudar a melhorar o trabalho de evangelização da Igreja Católica

Por Celso Tomba.

O sacerdote católico Pedro José Damázio, pároco da Igreja Nossa Senhora do Bom Parto, na cidade de Sangão – SC, sempre se preocupou em ampliar o alcance e a qualidade de seu trabalho pastoral. “É possível fazer mais?” “É possível fazer melhor?” Movido por essas inquietações, padre Pedro já escreveu dois livros – sobre o perdão e sobre Jesus – e dedica-se agora a divulgar seu mais recente trabalho – “Deus merece o melhor” – em que aborda a temática do marketing religioso, tema polêmico e que, segundo o sacerdote, pode ser a chave para uma nova compreensão da forma como a Igreja transmite sua mensagem.

Para o sacerdote catarinense, a comunicação tem grande importância no trabalho de evangelização. Essa consciência sempre o impulsionou a escrever textos e colunas para jornais, além de atuar em programas de rádio e de TV. Nesse mesmo caminho, padre Pedro iniciou, no último dia 20 de janeiro, o curso de especialização em “Comunicação, Teologia e Cultura: teórico-prático”, oferecido pelo Serviço à Pastoral da Comunicação (Sepac), das Irmãs Paulinas, em parceria com o Instituto São Paulo de Estudos Superiores (ITESP), em São Paulo. O curso, que tem como objetivo despertar e desenvolver a capacidade de reflexão e de produção na linha pastoral e acadêmica, também oferece atividades práticas na área de comunicação. Numa dessas atividades – uma coletiva de imprensa – Damázio falou a seus colegas de curso sobre sua trajetória de vida e sua dedicação a escrever livros.

Preocupação com as pessoas – De família com nove irmãos, o padre é natural de Orleans – SC. Aos 11 anos de idade, deixa a casa de seus pais para ingressar no seminário, no qual passa por 14 anos de preparação até se ordenar padre, em 1983. Desde então, em sua trajetória de 36 anos como sacerdote, atua em paróquias, onde mantém o contato com os fiéis, preocupando-se com a situação humana de cada pessoa.

Essa proximidade com as pessoas e o gosto pela comunicação escrita, o motivaram a escrever seu primeiro livro, lançado em 2016: “Perdão é mais que Reconciliação”. Nele,

o sacerdote aborda a importância do perdão na vida das pessoas, para quem recebe o perdão e também para quem perdoa. Em seu segundo livro, o sacerdote reflete sobre os gestos de Jesus, a forma como ele propagava sua mensagem. “Como Jesus Evangelizava” foi lançado em 2017.

Perguntado sobre sua vocação para escrever livros, ele diz que não se considera um escritor. “Eu me considero um mensageiro da Boa Nova. Apenas aproveitei meu gosto por escrever para ampliar o alcance do meu trabalho de Evangelização.”

O olhar do marketing sobre a religião – Todas essas reflexões e a preocupação em como propagar melhor a mensagem de Jesus levaram-no a conhecer os estudos em torno do marketing religioso. Após participar de vários seminários, começou a perceber que muitas coisas poderiam ser melhoradas dentro da Igreja. Seja na organização dos encontros, na comunicação, na produção de materiais e até mesmo na motivação para o trabalho do dia a dia, o sacerdote percebeu ótimas oportunidades de aplicar as ideias do marketing religioso e melhorar as ações da Igreja. Até mesmo os recursos disponíveis para o trabalho de Evangelização podem ser mais bem aproveitados.

(Confira um trecho da entrevista)

 

A partir dessas reflexões, nasce seu terceiro livro, “Deus merece o melhor”, lançado em outubro de 2019. Partindo de uma análise ampla de tudo o que acontece na Igreja – os instrumentos utilizados (jornais, informativos, livrarias, rádio, cartazes, placas, mídia digital etc.), as atividades pastorais (missas, novenas, cursos, reuniões, celebrações diversas) e os espaços utilizados no dia a dia –, o autor apresenta várias ideias e sugestões para qualificar e tornar mais proveitosas todas as atividades desenvolvidas. Ao final do livro, são propostos exercícios para que o leitor possa continuar aprofundando o tema.

Damázio fala sobre as dificuldades enfrentadas na aceitação do tema. “Infelizmente, muitas pessoas relacionam marketing com propaganda enganosa.” O autor explica que um dos objetivos do livro é mostrar às pessoas, da maneira mais simples possível, que o marketing é um conceito neutro, ou seja, cada um usa para aquilo que quiser, para o bem ou para o mal. “Você pode usar o marketing para fazer de Jesus um produto ou usá-lo para alavancar seu projeto de Evangelização e fazer que a

Boa Notícia chegue aos confins da Terra, usando as ferramentas do marketing que estão ao nosso alcance”, conclui.

 

 

Dados do Jornal Síntese

Título: Síntese

Boletim informativo do Laboratório de Jornal do SEPAC – Ano XX – n° 73 – Janeiro de 2020

Curso de Especialização Comunicação, Teologia e Cultura: teórico-prático – Versão Online

 

Expediente

 

SÍNTESE – Boletim informativo do laboratório de Jornal do Curso de Especialização Comunicação, Teologia e Cultura: teórico-prático – Versão Online.

Rua Dona Inácia Uchoa, 62 – Vila Mariana – CEP 04010-020 – São Paulo, SP –Tel: (11) 2125-3540 – www.paulinascursos.com/sepac 

Diretora: Dra. Helena Corazza, fsp

Orientadora Pedagógica: Dra. Joana T. Puntel

Jornalista Responsável: Silvia Torreglossa (MTb 28.167/SP)

Social Media: Gizele Barboza, fsp

 

Produção:

Carlos Alberto Souza

Celso Tomba

Gleyssica Ferreira

Pe. Carlos Caridade

Pe. Francisco Amaral

Pe. Gabriel Guarnieri sx

Pe. Pedro José Damázio

Roberto Pereira Silva

Taiane Oliveira