NOTÍCIAS

Sugestões para preparar e celebrar o Dia Mundial das Comunicações

O Dia Mundial das Comunicações é celebrado no mundo inteiro, no Domingo da Ascensão do Senhor, portanto, o dia não é fixo. O tema para cada ano vem do Vaticano e é anunciado em Setembro. A mensagem do Papa, completa,  costuma ser publicada no dia 24 de Janeiro, dia de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas. A mensagem é encontrada facilmente no site do Vaticano, CNBB ou em sites católicos.

O objetivo do Dia Mundial das Comunicações está descrito no n. 18 do Decreto Inter Mirifica do Concílio Vaticano II, que envolve a reflexão, a oração pelas comunicações sociais, recolher fundos para as iniciativas da Igreja neste setor. Um dos objetivos é a tomada de consciência da missão da comunicação para o mundo católico e laico, daí a importância de reunir os comunicadores da Imprensa e das pastorais.

Em 2017 o tema é: “Não tenhas medo, que Eu estou contigo» (Is 43,5). Comunicar esperança e confiança no nosso tempo”. A seguir, a mensagem completa do Papa Francisco.

Mensagem do Papa

 

Sugestões para celebrar

Em cada cidade e realidade, a equipe de Pastoral da Comunicação (PASCOM) poderá organizar as atividades.

1. Conhecer a mensagem do Papa enviada para o ano. Refletir sobre o conteúdo da mesma.
2. Motivar as equipes de liturgia para prepararem esta celebração – no dia da Ascensão do Senhor – incluindo o Dia Mundial das Comunicações.
3. A Equipe da PASCOM poderá promover algum debate, seminário ou convidar alguém para fazer palestra sobre o tema.
4. Pautar o tema do Dia Mundial das Comunicações em programas de Rádio, Televisão, Internet (blogs, facebook, twiter), Jornais paroquiais ou diocesanos, colunas em outros Jornais, roda de amigos (as).
5. Onde é possível, promover uma reunião com comunicadores (as) da cidade. Programar uma coletiva com a Imprensa sobre o tema e fazer uma confraternização para diálogo e aproximação. Ou ainda, entregar a mensagem aos comunicadores (as) cumprimentando-os por este dia.
6. Fazer uma exposição ou feira de comunicação para que as pessoas conheçam e valorizem os meios de comunicação católicos como: revistas, jornais, livros, CDs, DVDs, Sites, Boletins, Programas de Rádio, TV, Internet.
7. Mobilizar o mundo da educação: professores (as) com o tema, promovendo algum concurso de redação, desenhos e/ou outras iniciativas.
8. Rezar a Comunicação. Ter momentos celebrativos, horas de oração, vigílias pela comunicação e pelos profissionais da comunicação. Agradecer, pedir perdão.

 

Sugestões para a reflexão – 1

Tema: “Não tenhas medo, que Eu estou contigo» (Is 43,5).

Comunicar esperança e confiança no nosso tempo”.

 

A mensagem do papa deste ano convida a “Comunicar esperança e confiança para o nosso tempo”. Por isso, sugerimos um evento que contenha conteúdo e leveza com reflexões, música e depoimentos. O enfoque está nos depoimentos. Depois de motivar o que o papa pede, convidar profissionais de comunicação, das pastorais e outros a contarem experiências de esperança e confiança. Como enfrentam o desafio de fazer isso no contexto atual.

 

  1. Escolher um local que comporte o número de pessoas que se pretende reunir
  2. Ter uma equipe que organize o conteúdo, as pessoas, convites, etc.
  3. Organizar visualmente o ambiente com a mensagem do Papa e motivações de comunicação.
  4. Convidar uma pessoa para fazer uma colocação sobre a mensagem do papa. A sugestão é que seja breve com algum enfoque.
  5. Convidar 4 ou 5 pessoas para darem seu testemunho de como conseguem comunicar mensagens de esperança e confiança para o nosso tempo em sua missão/profissão. Pode ter profissionais da mídia, leigos, religiosos, e que representem segmentos diferentes. Estes segmentos podem ser relevantes no local do evento ou temas que estão na pauta do dia como migrações, inclusão, direitos humanos, pastoral da comunicação, grande mídia ou outros. Determinar o tempo para os testemunhos, de acordo com o tempo do evento.
  6. Ter um grupo musical que abra o evento e cante uma música ou duas, por exemplo, depois da reflexão do tema, entre os testemunhos e no final.
  7. Importante deixar um tempo para a palavra livre dos participantes.
  8. Convidar os participantes para a Missa do Dia Mundial das Comunicações de acordo com data e local programados.

 

Sugestão 2 – Painel

 

Convidar duas ou três pessoas para abordarem o tema em diferentes ângulos como

  1. Mensagem do Papa – pode ser uma pessoa da Igreja
  2. Aspectos críticos à mídia. Que óculos precisamos colocar para acompanhar a mídia internacional, nacional e local, tendo como base esta palavra do papa: “A vida do homem não se reduz a uma crônica asséptica de eventos, mas é história, e uma história à espera de ser contada através da escolha de uma chave interpretativa capaz de selecionar e reunir os dados mais importantes. Em si mesma, a realidade não tem um significado unívoco. Tudo depende do olhar com que a enxergamos, dos “óculos” que decidimos pôr para ver: mudando as lentes, também a realidade aparece diversa. Então, qual poderia ser o ponto de partida bom para ler a realidade com os “óculos” certos?”
  3. Como seria um estilo de comunicar aberto e criativo que seja protagonista do bem?, conforme esta palavra da mensagem: “Gostaria, pois, de dar a minha contribuição para a busca de um estilo comunicador aberto e criativo, que não se prontifique a conceder papel de protagonista ao mal, mas procure evidenciar as possíveis soluções, inspirando uma abordagem propositiva e responsável nas pessoas a quem se comunica a notícia. A todos queria convidar a oferecer aos homens e mulheres do nosso tempo relatos permeados pela lógica da ‘boa notícia’.
  4. Este último ponto poderia ser aberto para o diálogo com os participantes. Como seria um estilo de comunicar aberto e criativo que seja protagonista do bem?

 

É importante ter um grupo que anime com músicas e que haja um momento de espiritualidade.